• 6 de outubro de 2021
  • Sono

VOCÊ SABIA QUE APNEIA NÃO SE TRATA DE UM SIMPLES RONCO?

A apneia do sono é um distúrbio do sono caracterizada por ruídos e interrupções na respiração que se repetem, no mínimo, cinco vezes num período de 60 minutos.

APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO (AOS)

Durante a apneia obstrutiva do sono, a pessoa pode produzir um ronco ou um som semelhante ao sufocamento. É a forma mais comum, e ocorre quando os músculos da garganta relaxam durante o sono e as vias respiratórias se fecham, o que interfere e impede a respiração correta.

APNEIA CENTRAL DO SONO (ACS)

A apneia do sono central é menos comum e ocorre quando o cérebro não consegue transmitir sinais para os músculos da respiração. É como se o cérebro se esquecesse de enviar os comandos para os pulmões respirarem durante o sono. A pessoa que sofre com este tipo de apneia pode acordar com falta de ar ou dificuldade para dormir ou, ainda manter o sono de qualidade.

CAUSAS

As causas de apneia obstrutiva: obesidade, obstrução do canal respiratório, aumento das amígdalas, circunferência do pescoço e alterações craniofaciais. Características anatômicas de certos indivíduos também podem predispor ao problema que tende a piorar com o aumento da idade.

SINTOMAS

Veja aqui como você pode suspeitar do seu ronco, ou do ronco do seu parceiro!

Sintomas durante a noite:

  • Ronco frequente;
  • Alguém viu você parando de respirar;
  • Você já acordou com sensação de sufocamento ou engasgos;
  • Sono picado e acorda várias vezes;
  • Insônia;
  • Refluxo.

Sintomas durante o dia:

  • Sonolência e cochilos frequentes;
  • Cansaço;
  • Mal humor, irritabilidade;
  • Depressão, falta de energia;
  • Boca seca;
  • Dor de cabeça ao acordar;
  • Comportamentos automáticos ou amnésia (apagões);
  • Hiperatividade (em crianças).

PREVENÇÃO

Mantenha um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e exercício físico. Faça um esforço extra e deixar o cigarro de lado, uma vez que o hábito costuma agravar bastante a condição. Recomenda-se também maneirar nas doses de bebida alcóolica, que em excesso interfere no ciclo do sono e no relaxamento da musculatura da garganta. De fato, nem todo ronco é apneia do sono. Se você identificou com alguns sintomas, procure ajuda do especialista!